Instagram

Prefeito Adailton Macedo assina convênio que beneficia produtores de base familiar do município


Em solenidade realizada na tarde de sábado (29), no CSU (Centro Social Urbano, a Vila Paulo Gonçalves, o Prefeito Municipal de Aurora, José Adailton Macedo, assinou convênio com o Governo do Estado do Ceará, referente ao Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar.

Estiveram presentes ao evento além do executivo municipal; o vice-prefeito Antonio Gonçalves Landim; o Secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará, Sr. Antonio Amorim; Secretários Municipais; vereadora Darc Landim; representantes da Ematerce; membros de Associações Comunitárias; produtores rurais; dentre outros representantes de vários órgãos regionais, bem como do próprio município. Antes do pronunciamento das autoridades presentes no encontro, houve a entoação dos hinos estadual e municipal seguido de apresentação do poeta da terra, Cícero Cosme. Nas palavras do Excelentíssimo Sr. Secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará, Antonio Amorim, o mesmo fez uma ampla explanação a respeito da importância do programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que tem por objetivo fortalecer a agricultura familiar através da geração de renda no campo e aquisição da produção dos agricultores familiares cearenses. Já o prefeito Adailton Macedo se demonstrou bastante feliz pelo fato de ter conseguido junto ao governo estadual, esse programa de grande relevância para os agricultores aurorenses. Adailton Macedo aproveitou a ocasião para fazer algumas reivindicações ao Secretário – Antonio Amorim, como por exemplo, a criação do programa Projovem rural, que visa despertar na classe jovem o interesse pela agricultura familiar. Várias outras reivindicações foram feitas pelo alcaide aurorense.


Como participar do Programa de Aquisição de Alimentos: Para participar o agricultor familiar deve apresentar junto ao escritório da Ematerce e/ou Secretaria Municipal de Agricultura, cópia da identidade, do CPF, da declaração de aptidão ao Pronaf (DAP) e um comprovante de conta corrente bancária em nome do agricultor.

Entidades que podem participar do programa: As entidades socioassistenciais devem atender as populações em situação de vulnerabilidade social, compor a rede socioassistencial local, ser carente de recursos e alimentos e fornecer refeições de forma gratuita e continuada.

Beneficiários: pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional que participam de ações promovidas por entidades socioassistenciais.





Com Fernandão, São Paulo não leva gol, quebra tabus e segue 100%


A grande, épica, curiosa e verdadeira história da construção do Morumbi!

sáb, 24/04/10
por daniel perrone |

morumbi_lotado4Nação do Maior do Mundo;

Nosso estádio brevemente sofrerá uma grande reforma que agigantará ainda mais o nosso soberano clube.

Por causa disso, muita bobagem em relação a história do estádio é propagada por rivais, desesperados por entenderem que, após o lançamento do Morumbi 2.0, haverá um abismo economico-esportivo ainda maior entre o SPFC e o restante dos demais clubes do estado.

Portanto, caros tricolores, pedi ao amigo e fanático tricolor Ricci Junior a criar aquele que é por mim considerado o mais completo texto sobre a história da construção de nosso sonho. O Cícero Pompeu de Toledo. No texto de Ricci a gente encontra curiosidades, dados históricos e, principalmente, a verdade sobre nosso estádio.

Por ser uma épica história de glória, o texto é relativamente longo. Mesmo assim conclamo os fanáticos a lerem e entenderem o porquê do desespero dos demais clubes paulistas, em especial aqueles que são loucos para desestabilizar o gigante e soberano estádio das multidões de São Paulo.

Senhores, convido-os a ler o grande texto de Ricci Jr:

“Se é para sonhar, que seja grande!”

Acredito que muitos gostariam de saber quando, como e de onde surgiu a idéia para construir o estádio do Morumbi. Pesquisei, liguei, mandei e-mails e o material está pronto! Talvez uma reunião inédita de informações sobre a construção do estádio do Cícero Pompeu de Toledo. Agradecimento especial ao Michael Serra, historiador do SPFC que confirmou e desmentiu detalhes e datas importantes.

Após a sua re-fundação em 1935 o SPFC que sempre pensou em ter seu estádio próprio. O improviso com o Campo da Antarctica Paulista, na Moóca, quando da fusão com o Estudantes em 1938 comprova o desejo do clube desde então. E em 1942 ele se associou ao clube alemão que alugava o Canindé. Só em 1944 ele comprou o Canindé. O sonho do grande estádio chegou a ser passado para o papel, num anteprojeto, mas foi atrapalhado pela Prefeitura: o traçado da Marginal Tietê cortaria o terreno do São Paulo e o anteprojeto teve que ser abandonado. E segundo a Revista Tricolor numero 3, em setembro de 1949 o clube volta a sonhar com um grande estádio. Desse momento em diante dirigentes e membros importantes começam a procurar por um terreno onde o clube poderia construir o tão desejado estádio.

Em meio as discussões sobre a construção do estádio, segundo pude apurar com quem conhece a história, um dos dirigentes da época proferiu uma frase que ficou marcada; “Se é para sonhar que seja grande!”. O primeiro terreno que interessou aos dirigentes são-paulinos foi o do Ibirapuera, onde hoje está o parque do Ibirapuera. Mas o então vereador Jânio Quadros lutou para que o terreno não fosse vendido, muito menos que fizessem ali um estádio.

cicero-pompeu-1960_grandeDepois foi verificado que havia um terreno à margem do rio Pinheiros que pertencia a Light (antiga empresa de fornecimento de energia elétrica da capital de SP e parte do interior). Ao verificar a metragem do terreno, constatou-se que ele seria pequeno para o projeto desejado pelo clube.

Mais precisamente em abril de 52 que o clube organizou e criou a Comissão Pró-estádio. Com isso acontecia uma divisão administrativa do SPFC, uma que cuidaria do clube e outro da obra do estádio. Como presidente dessa comissão o ex-jogador e agora dirigente, Cícero Pompeu de Toledo. Em agosto de 52 a Imobiliária Aricanduva doa ao SPFC parte do terreno para a construção do estádio. Transação lícita e registrada em cartório.

(nota do blogueiro: Como a região do Morumbi era inabitada naquela época, era de total interesse da Imobiliária Aricanduva doar o terreno para um clube de futebol. A intenção era desenvolver a região, valorizando seus terrenos)

morumbiconstrucao2(1)No final de 1952 três empreiteiras apresentaram seus projetos para a construção do estádio. Duas brasileiras e uma soviética. O Clube acerta com a Vilanova Artigas e apresenta a maquete do Estádio para o público e imprensa na sua sede social de gala na Av. Ipiranga. A maquete foi confeccionada pela empresa Maquette Zanini Ltda.

Consta ainda que o projeto original contava com estádio de futebol para 120 mil pessoas e com quatro anéis, e não três. Teríamos um ginásio ao “estilo Morumbizinho” com o objetivo de receber a prática de vários esportes; basquete, vôlei, hóquei e ciclismo. O ginásio teria a capacidade para 20 mil pessoas. A praça de atletismo e parque aquático com três piscinas, sendo uma olímpica, os dois espaços com arquibancadas para 5 mil pessoas; diversas quadras poliesportivas e sede social. Esse foi o projeto inicial.

No ano seguinte, 1953 o clube acerta com a Companhia Antártica Paulista um contrato de concessão de direitos exclusivos para a venda de produtos dentro do estádio com a Companhia Antárctica Paulista. O valor acertador girava na casa de Cr$ 5.000.000,00, para uso por 10 anos, a partir da inauguração, com possibilidade de prorrogação por mais 5 anos. O clube inicia também as negociações para a propaganda no estádio e a venda de souvenires para ajudar na construção. Nos mesmo período o SPFC recebeu inúmeras doações de sacos de cimento, além de doações em dinheiro de populares/torcedores. Eu particularmente tive conhecimento de que dois irmãos são-paulinos, moradores do Ipiranga levaram até o Morumbi, cada um em sua bicicleta, 2 sacos de cimento. História contada por uma das netas de um dos irmãos.

Em julho do mesmo ano inicia, e em dezembro termina a terraplanagem do terreno.

No ano de 1953 iniciam o estaqueamento e a construção das fundações do estádio com 144 tubulões pneumáticos. Cada um com capacidade de suportar uma carga para 700 toneladas e cerca de 3000 metros de estacas pré-moldadas de concreto armado, com suporte variável de 20 a 30 toneladas cada. Finalizada também a galeria de águas pluviais.

morumbi_lotado3Em 1954 a Villanova acerta a transferência dos direitos de seu projeto ao SPFC, que, livre, procede algumas alterações, como a substituição das rampas à arquibancadas por bocas de acesso, fato que aumentou em 30% a capacidade do estádio.

No mesmo ano o São Paulo rompe o contrato e firma nova parceria agora com a Rádio Bandeirantes S/A para a venda das cativas do estádio. O produtor de rádio e TV, Oswaldo Molles é nomeado para ser o chefe da campanha publicitária.

Em fevereiro de 54 aconteceu um amistoso entre o Botafogo-RJ x SPFC. Na ocasião dizem que o então presidente da Comissão Pró-estádio, Cícero Pompeu de Toledo conversa com o presidente Getúlio Vargas para um empréstimo da Caixa Econômica Federal ao clube para ajudar no termino da construção do estádio no valor de Cr$ 35.000.000,00. O então presidente do Brasil recebe posteriormente Cícero Pompeu de Toledo no Palácio do Catete e inicia o processo para o empréstimo. Mas o valor solicitado e anunciado nunca chegou as mãos do SPFC. Esse fato nunca foi de fato comprovado.

morumbi_lotado2Em abril de 1955 o SPFC vende para o Sr Wadih Saddi, conselheiro do clube, o Complexo Esportivo do Canindé pelo valor aproximado de Cr$ 12.000.000,00 com o objetivo de sanar as dívidas do clube. Parte do valor da venda foi direcionada para a construção do Morumbi. Portanto o SPFC continua no Canindé até 1957 quando o terreno e suas instalações foram revendidos à Portuguesa.

Em outubro o SPFC fecha contrato para a segunda fase das obras estruturais de 6 vãos de gigantes (espaços entre os tubulões de sustentação do estádio, mais 3 lances de cativas, vestiários, departamento médico, concentração, portões monumentais e bilheterias. Essa obras só foram iniciadas em 1956. E foi no final de janeiro de 56 que o Conselho Deliberativo escolheu o nome oficial do Estádio do Morumbi: Estádio Cícero Pompeu de Toledo. Outros 2 nomes foram discutidos para o estádio: Nove de Julho e dos Bandeirantes.

Em agosto do mesmo ano o clube inaugura o gramado, plantado com grama tipo Batatais sob orientação do Instituto Agronômico de Campinas. O gramado foi demarcado com as medidas FIFA por Vicente Feola. Festa e churrasco oferecidos à imprensa. No mesmo dia as primeiras traves redondas do Brasil também foram instaladas no campo do estádio.

morumbi_lotadoEm setembro de 1957 finalizam o trabalho de fundações pneumáticas, ao custo aproximado de Cr$ 20.000.000,00.

No último dia do ano de 1957 o SPFC deixa o Canindé e a Portuguesa toma posse definitivamente.

Em março de 58 Cícero Pompeu de Toledo é condecorado pelo Conselho Deliberativo como Presidente de Honra do São Paulo Futebol Clube. Em abril de 58 Laudo Natel torna-se Presidente da Diretoria Executiva do SPFC e da nova Comissão Pró-Estádio

A Imobiliária Aricanduva faz uma nova doação em 59, de outro terreno anexo ao terreno onde o estádio é construído. Esse novo terreno tem um valor aproximado de Cr$ 200.000,00. Transação registrada também em cartório.

Inauguração da Pista de Atletismo em abril de 60. A obra foi supervisionada por Dietrich Gerner. Devido ao tamanho do campo de futebol delimitado a pista não teve metragem oficial.

Os primeiros bancos das numeradas e cativas vinham com o nome dos proprietários gravados. A Indústria de Parafusos Mapri S/A deu 400 mil unidades de parafusos em troca de 2 cadeiras cativas e 1 painel publicitário no muro do estádio. O muro que foi construído no entorno do estádio teve de início 47 espaços destinado a painéis publicitários de 2,5m x 6m.

Uma inauguração parcial do estádio aconteceu em 02/10/60 na partida contra o Sporting Lisboa, de Portugal (1×0 para o São Paulo: 1º gol do novo estádio de Arnaldo Poffo Garcia, o Peixinho). Na ocasião o estádio foi inaugurado com os seguintes setores: setor térreo completo, os trechos entre o G45 e o G3 (sentido horário) do anel intermediário e do superior. O estádio teve a benção do Cardeal Dom Carlos Carmelo de Vasconcelo Motta. O público do primeiro jogo foi de 56.448 pessoas.

morumbi_lotado5Em outubro de 60 o SPFC realiza um novo jogo amistoso contra o Nacional de Montevidéu como segunda parte da festa de inauguração do estádio com jogo No jogo preliminar, o time de Veteranos do São Paulo x Seleção Paulista.

No final de outrubro de 1960 o título patrimonial do clube foi criado pelo Conselho Deliberativo com o custo de Cr$ 100.000,00, como forma de ajudar financeiramente ainda mais as obras do setor social.

Após um ano da inauguração parcial do estádio, o clube inaugurou o busto de Cícero Pompeu de Toledo.

Em março de 61 iniciam as obras do parque aquático do clube. Três meses depois iniciam-se a construção das torres de 43 metros de altura para a instalação da iluminação do estádio. As cabines primárias de transformação de 13.200 volts para 220 volts com transformadores de 150 Kva nas torres de iluminação e demais instalações elétricas.

morumbi_lotado6Em setembro de 1961, os torcedores ganharam uma linha exclusiva para chegar ao estádio com a inauguração da linha de ônibus Largo de Pinheiros-Morumbi Estádio.

A Seleção Brasileira estréia no Morumbi disputando a Taça Oswaldo Cruz, Brasil 4 x 0 Paraguai.

No ano seguinte, em setembro de 1962 a inauguração do Parque Social com entrega das piscinas e vestiários. Nessa festa o então presidente Laudo Natel foi jogado em uma das piscinas recém inauguradas. Com isso, a sede oficial do clube passa a ser o Estádio Cícero Pompeu de Toledo.

Em junho de 64 realizou-se a inauguração do busto de Laudo Natel nas dependências do estádio.

No final de 64 o SPFC faz um acordo para a compra do terreno (última parte) junto a Imobiliária Aricanduva que se seria efetuada em março de 1965.

morumbi_lotado8Em abril do mesmo ano foi definido o contrato de construção das arquibancadas.

O Primeiro jogo noturno do Morumbi aconteceu no dia 22/02/68, com seu sistema de iluminação provisório. O jogo foi um amistoso entre São Paulo 3 x 3 Atlético Paranaense.

Em 68 o clube faz o lançamento do carnê promocional “A Grande Jogada é Construir o Paulistão”. Paulistão era um apelido pretendido para o Estádio Cícero Pompeu de Toledo. Foram vendidas 700.000 unidades do carnê. Um sucesso! Eram 6 séries distintas de mais 100.000 unidades cada vendidos a Cr$ 5,00. Desse montante somente 60 mil foram devolvidos.

Início da fase final de construção do estádio aconteceu em abril de 69 com prazo de entrega da obra era outubro de 1969.

O primeiro campeão no estádio foi o Santos quando se sagrou campeão paulista em 21/06/69.

Em 25/01/70 o clube realiza a inauguração definitiva do estádio numa partida que terminou empatada por 1×1 entre o SPFC contra o Porto, de Portugal. O público total do jogo foi de 107.069. Mas o público pagante foi de 59.924, ou seja, 47.145 pessoas eram convidados.

A grande, épica, curiosa e verdadeira história da construção do Morumbi!

Imagens, colaboração: SPFCPédia

Veja mais: http://spfcpedia.blogspot.com/2009/01/construcao-do-morumbi.html

ricci_daniperrone_03Ricci Junior é Paulista, 37 anos, músico e produtor musical, jornalista, sócio/diretor Uehbe Digital Marketing, são-paulino freqüentando de estádios desde 1984, Vice-Presidente co-fundador da Sociedade Recreativa Guerreiros da Paz, núcleo de defesa são-paulina, formação de opinião e ações solidárias da torcida do SPFC, coordenador geral da campanha “Sampa 2014”. Siga no twitter @riccijr

Opine, palpite, participe do Blog do Maior do Mundo!

Um MITO debaixo das 900 traves!

sex, 30/04/10
por daniel perrone |

402987881597222TREINO 30-4-102
Você está no Blog do Maior do Mundo!

Um MITO debaixo das 900 traves!

sex, 30/04/10
por daniel perrone |

402987881597222TREINO 30-4-102
Você está no Blog do Maior do Mundo!

OPINIÃO | Internacional 0×2 São Paulo

dom, 23/05/10
por daniel perrone |

Internacional e Sao Paulo
Internacional e Sao PauloNação do Maior do Mundo;

Mesmo não fazendo uma partida exuberante como nas quartas da Libertadores o São Paulo conseguiu acertar uma proposta de jogo e venceu com muita propriedade o Internacional em seus domínios. Assim a equipe titular “estreou” com força no Brasileirão deste ano. Os gols tricolores foram anotados por Hernanes e Fernandão.

Refuto totalmente o rótulo de “Aperitivo da Libertadores” dado por alguns para este jogo. É esse pensamento sensacionalista que faz algumas equipes brasileiras, inclusive até centenárias, não vencerem a competição internacional mais desejada por 10 em cada 10 clubes sul-americanos. Brasileirão é uma coisa, Libertadores é outra totalmente diferente. E este jogo foi de Brasileirão. O torcedor são-paulino esclarecido sabe a diferença e não entra nesse oba oba. Pode deixar que na Libertadores a pegada será outra, inclusive a nossa!

Internacional e Sao PauloFinalmente com a pausa na competição internacional o São Paulo pôde “estrear” no Brasileiro. Ricardo Gomes encontrou seu time titular, após quase cinco meses de tentativas, erros e acertos. O time voltou a jogar no 3-5-2, com Richarlyson de terceiro zagueiro e Marlos como homem da movimentação, deixando Hernanes como elemento surpresa e Rodrigo Souto na marcação e saída de bola.

Até o gol são-paulino (Hernanes, num rebote de uma falta batida por ele próprio), o jogo estava truncado e cheio de passes errados. Ambas as equipes erravam muito e pareciam não estarem ligadas na partida. Miranda fora substituído no início com dores na panturrilha enquanto que o trio Marlos Dagol e Fernandão não conseguia desenvolver as tão desejadas tabelas vistas nas partidas diante do Cruzeiro. Mesmo assim, o tricolor foi ao vestiário ostentando a vantagem. O time misto do Inter não ofereceu perigo real no primeiro tempo.

Internacional e Sao PauloVeio a segunda etapa e o tricolor adotou uma postura defensiva, esperando o anfitrião em seu campo e apostando nos velozes contra-ataques. O Inter entendeu o recado subliminar e passou a atacar com perigo. As bolas paravam ou no paredão tricolor ou na muralha Rogério Ceni. Quando o colorado estava melhor na partida veio o golpe de misericórdia tricolor:Num contra-ataque mortal, Dagoberto tabelou com Hernanes, que cruzou pela linha de fundo para Fernandão fuzilar sem dó dentro da pequena área. Esse gol foi em homenagem a aqueles que diziam que o centroavante iria “tremer” de emoção no Beira Rio. Já falei e continuo falando: Futebol é profissional; os jogadores jogam pelas suas famílias, suas famas e seus salários. O resto é papo de torcedor nos bares, botecos e blogs da vida…

Premeditando mais um fracasso em casa no torneio, o Inter começou a colocar seus titulares, na tentativa de reverter a situação, mas a partir daí os jogadores colorados (titulares ou reservas, não importa…) viram o “Show do Paredão” protagonizado pela melhor defesa do Brasil e uma das melhores do planeta. Rogério “Air” Ceni, Xandão, Richarlyson e, principalmente Alex Silva mostraram suas credenciais.

Internacional e Sao PauloHouve sufoco moderado, previsto nos minutos finais com os donos da casa tentando descontar o estrago, mas o jogo terminou conforme o esperado, após os dois gols tricolores que definiram o resultado. Foi uma boa “estréia” da equipe titular e um jogo para dar mais moral no futuro. Uma coisa é separar Libertadores de Brasileiro, outra é se encher de moral para o que vai vir após a Copa. Aí sim, o Maior do Mundo se inflou de moral. Vai precisar porque esse time do Inter é muito bom também.

A boa fase não pode parar: O próximo jogo é nesta quarta feira contra os róseos no Morumbi e a casa deverá estar cheia para o confronto. Vamos fechar esses próximos quatro jogos perto do pelotão da frente e esperar os “cavalos e galinhas paraguaios” irem aos poucos saindo da nossa frente. Muita calma, o campeonato é longo e como diz a velha cantiga de arquibancada “sempre tem um palhaço querendo aparecer” no início da competição.

O time tá aí: Tem que comparecer no Morumbi nesta quarta. E como sempre eu estarei lá!!!

Saudações Tricolores!

Nota dos principais personagens da partida:

Rogério Ceni Uma muralha no gol no Beira Rio. Boas defesas e uma liderança sólida embaixo da meta tricolor. Nota: 9,0

Cicinho É um outro jogador, se comparado com o Cicinho de cinco anos atrás, mas mesmo assim conseguiu equilibrar o setor direito com sua experiência. Cresceu de produção com as oportunidades seguidas no time. Nota: 6,5

Alex Silva Um monstro! A melhor contratação do time na temporada. Líder do paredão. Nota: 9,5

Xandão Entrou após a contusão de Miranda. Regular na cobertura no primeiro tempo, soberano no seu setor na segunda etapa. Inspira confiança. Nota: 8,0

Richarlyson Partida quase perfeita. Desta vez não foi estabanado, não inventou jogadas nem deixou o time de calças curtas. Jogando desse jeito e com essa seriedade é titular neste esquema. Nota: 9,0

Junior Cesar Partida regular para boa. Achei que faltou um pouco de investida no ataque. Na defesa foi muito bem. Nota: 6,5

Rodrigo Souto Para mim outra contratação certeira do São Paulo. Leve, combatente e de boa saída de bola, arrumou o setor ao lado de Hernanes. Até já me esqueci do Arouca… Nota: 8,5

Hernanes Um show nesta partida. Jogando bem na frente da zaga e na condução da bola, teve sua atuação destacada pelo gol e pelas jogadas de classe. Uma delas resultou num cruzamento para o gol de Fernandão. Nota DEZ!

Marlos Hoje não teve tanto destaque, prendendo a bola em demasia e não completando as jogadas para o trio de ataque. Mesmo assim é peça importante na leveza do meio campo para frente. Nota: 6,5

Dagoberto Pouco acionado, mas importantíssimo nas duas jogadas dos gols. Na primeira sofreu a falta do gol de Hernanes; na segunda deixou Hernanes livre para cruzar para Fernandão. Cresceu de produção na hora certa. Nota: 8,5

Fernandão Em sua primeira partida no Brasileirão, encarou sua antiga torcida, tentou distribuir algumas jogadas e terminou premiado com o primeiro gol com a camisa tricolor, aproveitando cruzamento de Hernanes. Pelo gol, nota DEZ!

Miranda e Jean Atuaram muito pouco, sem nota.

Ricardo Gomes Agora que finalmente achou a formação ideal, tudo que o torcedor tricolor pede é que não invente em cima desse time titular. O jogo não foi dos mais bonitos mas a intenção de jogo foi boa e deu o resultado desejado. Basta fazer o simples com esse time que saiu do papel que irá bem nos campeonatos. Nota: 8,0

Torcida Bela participação da torcida tricolor no Beira Rio, incentivando e cantando sem parar. Bonita demais também a atitude da massa colorada diante do Fernandão. Muito respeito, aplausos e até cantigas em alusão ao novo atacante tricolor. Uma atitude que poucas torcidas teriam, mas que mostrou a civilidade dos colorados. DEZ para ambas!

Imagens: Vipcomm

Me siga no Twitter: http://twitter.com/danielperrone

Opine, palpite, participe do Blog do Maior do Mundo!

Olha ele aí de novo…

qua, 26/05/10
por daniel perrone |
categoria Patrocínios

bombrilEste senhor enrolado na bandeira do Maior do Mundo é nada mais nada menos que o maior garoto propaganda do Brasil: Carlos Moreno. O homem que representou a marca Bombril por mais de vinte anos está no livro Guiness dos recordes como protagonista da campanha que ficou mais tempo na história da propaganda mundial.

Carlos Moreno já havia aparecido publicamente com o Manto Sagrado, na primeira vez que a marca patrocinou o tricolor. Agora, com contrato renovado com a marca de palhas de aço mais famosa do Brasil, participou da cerimônia que estendeu o prazo do patrocínio da Bombril com o SPFC.

Foto: Vipcomm

Você está no Blog do Maior do Mundo!

Para confirmar a boa fase…

qua, 26/05/10
por daniel perrone |

spfcXpalmeirasNação do Maior do Mundo;

O jogo desta quarta feira vale bem mais que os três pontos e a confirmação da reabilitação no Brasileiro de 2010.

Ele serve também para ratificar a boa fase do tricolor, diante do seu rival mais tradicional do estado de São Paulo.

A equipe vem de três vitórias consecutivas diante de grandes adversários e tem uma boa chance de somar mais três pontos antes da parada da Copa.

Também é importante ressaltar que o Maior do Mundo poderá acabar com a terrível sequência negativa em clássicos neste ano, algo que incomoda (e muito) o torcedor são-paulino. O tricolor terá as ausências de Rodrigo Souto e Miranda enquanto que o adversário virá sem Léo, Armero, Marcos Assumpção e Pierre.

A direção do SPFC lembrou o blog que a partida começará as 20h30 e, por ser um clássico, as vendas de ingressos nos guichês do Morumbi acabarão as 16h30 da tarde, o que é ruim demais para o espetáculo. Culpa da CBF e seu calendário cretino, que coloca um jogo como SPFC x Flamengo no início da competição e um clássico no meio da semana. Parece que fazem de tudo para esvaziarem os estádios.

Os ingressos também podem ser adquiridos pela internet. Recomendo!

Saudações tricolores!

Me siga no Twitter: http://twitter.com/danielperrone

Opine, palpite, participe do Blog do Maior do Mundo!

OPINIÃO | São Paulo 1×0 Róseos

qui, 27/05/10
por daniel perrone |

2
3“No Morumbi o bicho pega.”

Nosso adversário conhece bem o refrão do grito de guerra da massa são-paulina e não resistiu ao tricolor, que venceu seu primeiro clássico do semestre e confirmou a ascenção do futebol no ano. Com o resultado já se somam quatro vitórias consecutivas e a consolidacão da melhor formação tática da equipe para o resto da temporada.

Apesar dos prognósticos da torcida, não foi uma vitória fácil. Embora o adversário estivesse fragilizado (sem três titulares e ainda sem Cleiton Xavier, lesionado ainda no primeiro tempo), o tricolor também teve seus problemas: As ausências de Miranda, Rodrigo Souto e Marlos (saiu contundido no início do jogo) e o excessivo apetite defensivo do nosso técnico.

4O primeiro tempo foi de amplo domínio tricolor. Até os vinte minutos o São Paulo já tinha chegado várias vezes a meta de Marcos, inclusive com dois chutes perigosíssimos defendidos pelo arqueiro do outro lado do muro. Com a contusão de Marlos e a entrada de Fernandinho, o tricolor perdeu boa parte de sua criatividade, já que Dagoberto não fazia uma boa partida e Fernandão tivesse que voltar um pouco para participar do jogo. Mesmo assim poderia ter ido para o intervalo com uma vantagem no marcador devido a nulidade do oponente, que só se defendia em campo.

Já a segunda etapa, apesar do gol salvador de Fernandão aos 9 minutos após boa jogada de Fernandinho, foi muito fraca se compararmos os jogos contra Cruzeiro e Inter. Para mim, o grande erro da equipe foi o recuo excessivo após a vantagem no placar. O papel se inverteu e quem parecia pequeno era o tricolor. Não ficávamos com a bola nos pés, não aproveitávamos os buracos verdes para o contra-ataque e rifávamos a bola a torto e direito. Esse é o perigo de Ricardo Gomes e que não me faz confiar plenamente no trabalho apresentado.

1Obviamente até o mais ruim dos times iria para cima, e foi isso que os bambinos da Turiassú fizeram. Tanto martelaram que acharam um pênalti no fim do jogo. Aparecido Rogério de Souza viu falta dentro da área de Cicinho em cima de Ivo, aos 42 minutos. Não achei falta, aliás, achei muito mais pênalti um outro lance de Cicinho em cima do mesmo Ivo minutos atrás. Sorte que não temos goleiro… temos Rogério Ceni, o grande responsável pelos três pontos no bolso tricolor. O goleiro fez uma defesa espetacular para o delírio da torcida do Mais Querido.

Os minutos finais foram eternos minutos de bumba meu boi após a defesa magistral do MITO. Chutão, Marcos na área tricolor e até expulsão do nosso camisa 23. Mas enfim, o Maior do Mundo confirmou sua ascenção e levou os três pontos preciosos para casa.

Agora é recuperar os jogadores e enfrentar o Guarani, que vem fazendo uma boa campanha, no Brinco de Ouro. Mas foi bonito ver a roda de união dos jogadores após a vitória no clássico. Bom sinal.

Foi um jogo morno, com praticamente dua forte emoções. O gol solitário de Fernandão e a defesa magistral, espetacular e brilhante de Rogério Ceni no pênalti. Importante foram os três pontos e a moral. Como eu disse. No Morumbi, o bicho pega… e pegou mais uma vez!

Saudações tricolores!

Nota dos principais personagens da partida:

Rogério Ceni O terror de quem o quer ver aposentado. Mais uma vitória creditada no pênalti defendido pelo capitão do TRI Mundial e da Libertadores. Nota DEZ!

Cicinho Partida regular, com algumas boas descidas. Não cometeu pênalti em Ivo, por isso não merecia o segundo amarelo no último lance do jogo. Nota: 6,0

Alex Silva Novamente sobrenatural. Excelente partida. Nota: 9,0

Xandão Outro que vem mostrando muita personalidade e confiança. Nota: 9,0

Richarlyson Hoje fez uma partida boa, mais uma vez sem comprometer na defesa, mas erra passes e muitas vezes exagera nos bicos para frente. Meu amigo Andrezinho resumiu bem o perfil do jogador: É uma bomba relógio. Mesmo jogando certinho é preciso ficar em permanente alerta. Nota: 7,0

Junior Cesar Partida regular, sem muito brilho. Nota: 6,0

Jean Abaixo da média de Rodrigo Souto no setor. Nota: 5,5

Hernanes Não conseguiu repetir as últimas partidas nem chegou tanto ao ataque desta vez. Nota: 5,5

Marlos Ficou pouco. Hoje o time sentiu a falta principalmente dele e de Souto. Sem nota.

Dagoberto Partida fraca na noite desta quarta-feira. Sem continuação das jogadas. Nota: 5,0

Fernandão Mesmo sem tocar muito na bola deu inteligência em alguns lances e fez o gol. Nota: 8,5

Fernandinho Entrou e construiu a jogada do gol com muita propriedade, nas demais jogadas não surtiu efeito algum, apesar do esforço. Nota: 7,0

Jorge Wagner Entrou no lugar de Dagoberto, que não vinha fazendo uma boa partida. Acalmou o jogo. Nota: 6,5

Ricardo Gomes Boa escalação, boa formação e boas substituições. Só não gostei do excesso defensivo após o gol, aos nove da segunda etapa. Passamos boa parte do segundo tempo apenas nos defendendo, como equipes pequenas. Esse era para ser o papel dos bambinos e não nosso. Atitudes como essa podem ser fatais em jogos decisivos. Não é para atacar como índio, mas também não é para se defender feito alemão… Nota: 5,0

Torcida Quinze mil pessoas para um clássico reservado as 20h30 da noite de uma quarta feira, sem possibilidades de vendas na hora da partida, com chuva e frio tá bom demais. Não sei o que tem na cabeça da CBF de queimar jogos bacanas pré Copa e, pior, colocar dois clássicos em um meio de semana. Podia muito bem hoje ter sido a partida contra o Guarani e domingo o clássico. Geraria muito mais renda. Burros! Depois não sabem porque os acusam de acabar com o futebol brasileiro.

Imagens: Vipcomm

Me siga no Twitter: http://twitter.com/danielperrone

Opine, palpite, participe do Blog do Maior do Mundo!

Icasa enfrenta o Duque de Caxias

Clique para Ampliar
A tranquilidade voltou a reinar no Icasa. Depois da vitória fora de casa diante do Sport, em plena Ilha do Retiro, o Verdão do Cariri se prepara para enfrentar o Duque de Caxias, hoje, às 16h10, no estádio Romeirão pela quinta rodada da Série B.

Para a partida de logo mais, o treinador Flávio Araújo não poderá contar com dois jogadores importantes para seu esquema tático. Ficam de fora o atacante Pantico, ainda suspenso pela expulsão diante do Vila Nova na segunda rodada e o lateral esquerdo Guto, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Flávio Araújo só deve definir substitutos momentos antes da partida.

Retorno

O atacante Marciano que estava atuando no Clube do Remo foi contratado pela diretoria nesta semana e já pode reestrear pelo Icasa contra o Duque de Caxias. "Me sinto à vontade, com confiança, e venho para somar a este grupo que vem jogando muito bem, e espero estrear com gols", disse.

Ficha técnica

Icasa

Marcelo Pitol; Thiago, Alan e Everaldo; Marcus Vinícius, Paulo Foiani, Dodô, Júnior Xuxa e Panda; Carlinhos (Marciano) e Assisinho (Ítalo). Técnico: Flávio Araújo

Duque de Caxias

Vinícius, Marquinho, Pessanha, Marlon e Gleidson; Roberto Lopes, Júnior, Bruno Costa e Paulo Rodrigues; Marcelo (Júlio César) e Léo Guerreiro. Técnico: Aílton Ferraz.

Competição: Série B do Campeonato Brasileiro
Estádio: Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE)
Data: 29 de maio de 2010
Horário: 16h10
Árbitro: Antônio Hora Filho
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios e Ailton Farias da Silva (trio de Sergipe)
Transmissão: Rádio Verdes Mares, AM810Khz e Pay Per View

Risco de pegar gripe é menor neste ano mesmo para quem ignorou vacina

Antonio Cruz/ABr
Adesão à vacinação entre adultos ainda está abaixo do
esperado pelo governo, deixando-os sujeitos a pegar a gripe

As pessoas que não tomaram a vacina contra a gripe A (H1N1), a popular suína, têm menos chance de contrair a doença neste ano do que no ano passado, quando a doença se disseminou mundo afora, em razão da vacina e do número de indivíduos que já tiveram a doença, de acordo com os médicos consultados pelo R7.

Só em 2010, 67,8 milhões de pessoas se vacinaram contra a gripe A em todo o país, fora as 540 pessoas que tiveram a doença neste ano e as 46.100 que contraíram a doença em 2009 – supostamente, todas estão imunizadas.

Tire suas dúvidas sobre a vacina.

Com menos pessoas doentes à vista, o vírus tem mais dificuldade de circular "porque tem pouca gente suscetível e o vírus passa de pessoa para pessoa", diz o infectologista Celso Granato, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

– Mesmo quem não foi vacinado tem uma chance muito menor de pegar a gripe porque terá muito menos gente doente.

A chance de uma epidemia como a do ano passado ou maior só seria possível, segundo Granato, se vírus sofresse uma mutação, o que não ocorreu, de acordo com o médico.

Grávidas, jovens e crianças devem manter cuidados

No entanto, a boa notícia não deve significar falta de precaução, principalmente entre grávidas, jovens de 20 a 29 anos e crianças pequenas, faixas etárias mais suscetíveis a desenvolver o tipo mais grave da gripe A. Tanto que esses grupos foram escolhidos pela campanha de vacinação gratuita do governo, que acaba nesta quarta-feira (2). Portanto, aquelas pessoas que fazem parte desses grupos e não se vacinaram têm de tomar tanto cuidado quanto no ano passado, explica a infectologista Nancy Bellei, da Unifesp.

– As pessoas dos grupos de risco que não foram vacinadas têm mais chance de sofrer com a doença. Mas, no geral, quem não tomou a vacina, independente da idade, tem a mesma chance de pegar a doença se não se cuidar.

A infectologista oriente a todos, com especial cuidado aos grupos contemplados pelo governo, a evitar grandes aglomerações, principalmente no inverno, e tomar cuidados de higiene, como lavar as mãos, e ficar longe de pessoas que estão resfriadas. O cuidado deve ser redobrado com as crianças que não foram vacinadas, já que elas costumam manter contato muito próximo com outras crianças, compartilhando brinquedos e objetos.

Como nem sempre é fácil se manter longe de multidões, principalmente para quem vive em grandes cidades, Nancy diz que a vacinação ainda é ainda melhor maneira de evitar a gripe suína.

Laboratórios privados não têm mais vacina

Para quem não pode se vacinar pela rede pública, uma alternativa é pagar pela dose em laboratórios privados. Em São Paulo, a procura pelas vacinas nos laboratórios Delboni Auriemo e Lavosier fez acabar os estoques.

Ao R7, a Dasa (empresa responsável pelos laboratórios) disse que não há previsão para repor as doses. O laboratório Fleury, que havia informado interesse em vender a vacina, voltou atrás e disse em comunicado que não há prazo determinado para o começo da comercialização.

A poucos dias do fim da campanha nacional de vacinação contra a gripe A, o Ministério da Saúde espera imunizar 72 milhões de pessoas. Caso não chegue a esse número, o órgão não informou o que fará com o possível excedente de doses até porque, segundo o ministério, não há mais vacinas em poder da União. Todas estão estocadas nos postos de saúde das cidades e municípios. Não há informações também sobre um possível recolhimento destas doses ou da permanência nos postos à disposição da população

Comunidade do Tipi se prepara para festejar padroeira



A comunidade do Distrito de Tipi no Município de Aurora ultima preparativos para realização de mais uma festividade alusiva a sua Padroeira, Nossa Srª. do Perpétuo Socorro.

A festa religiosa acontecerá no próximo dia 04 de Junho do corrente ano, e será celebrada pelo Pe. José Josias da cidade de Aurora. Os trabalhos litúrgicos serão desenvolvidos a partir das 19:00h, na Igreja Local. Na ocasião, acontecerá Missa solene e procissão com a imagem da santa, percorrendo as principais vias daquela localidade. No entanto, os organizadores do evento esperam que a comunidade católica da Vila e região, prestigie as festividades religiosas, e possam desfrutar de um momento de reza, louvor e adoração a sua Padroeira

Gomes elogia postura de Washington e pode voltar a relacionar o jogador

washington, treino do são pauloAtacante tem se esforçado nos treinamentos e
agradou Ricardo Gomes

Depois de ficar afastado da equipe nas últimas três partidas (Cruzeiro, Internacional e Palmeiras), o atacante Washington tem chance de voltar a ser relacionado pelo técnico Ricardo Gomes, que já identificou uma mudança na postura do camisa 9 nos últimos treinamentos.

- Ele ficou fora, treinou muito bem, não se poupou em nenhum momento. Ele está moralizado novamente. E, quando volta a alegria, volta o futebol. No sábado, vou decidir se ele será relacionado – afirmou o treinador.

Ricardo Gomes, no entanto, deixou claro que a situação de Washington não mudou. Ele será reserva e, de acordo com as partidas, será utilizado.

- Isso ficou bem claro para ele. Não mudei a minha posição desde o início. Tenho de respeitar o fato de ele estar vivendo essa situação nova na carreira (ser reserva e jogar determinadas partidas). Ele é que vai decidir como vai encarar isso. Se aceitar, estiver disposto, será muito útil – lembrou o treinador.

O Atlético-PR, que tinha interesse no jogador, já desistiu da negociação. O empresário do atleta, Gilmar Rinaldi, revelou que não existe a possibilidade de um acerto com o Flamengo. Assim, a única proposta que pode tirar o jogador do Morumbi é de um clube árabe que, no entanto, não chegou ao conhecimento do São Paulo.

São Paulo defende tabu de 13 anos sem derrotas para o Guarani em Campinas

Neste domingo (30), o São Paulo enfrentará o Guarani em Campinas, às 16h (horário de Brasília), pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de jogar na casa do adversário, o Tricolor defende uma vantagem de 13 anos sem derrotas no estádio Brinco de Ouro.

A última vez que os são-paulinos perderam para o Guarani em Campinas foi em 1997, pelo resultado de 2 a 0. Desde então, o Tricolor alcançou 11 vitórias consecutivas no confronto, sendo a última delas no Paulistão de 2009, quando bateu o time campineiro por 2 a 0, com gols de Hernanes e Plínio (contra). Pelo Brasileirão, o último encontro entre as equipes foi em 2004, e terminou com o placar de 3 a 2 para o São Paulo.

Apesar do retrospecto favorável, o lateral Junior Cesar afirmou que os são-paulinos devem ter cuidado na partida de domingo.

- Sabemos da importância deste jogo e que o Guarani costuma complicar jogando lá. Vamos nos preparar da melhor maneira possível para buscar estes três pontos.

O técnico Ricardo Gomes, que pretende contar com força máxima no Brasileirão até a parada para a Copa do Mundo, terá de definir substitutos para o lateral Cicinho e o volante Richarlyson, que estão suspensos, e para o zagueiro Miranda, que está lesionado e só volta a jogar no segundo semestre. O meia Marlos e o volante Rodrigo Souto, ambos com problemas musculares, ainda são dúvida para o duelo contra o Guarani.

Empresário descarta ida de Washington ao Flamengo

O empresário Gilmar Rinaldi descartou nesta quinta-feira (27) a possibilidade do centroavante Washington trocar o São Paulo pelo Flamengo. O time carioca deve ficar sem os atacantes Adriano e Vagner Love e procura peças de reposição para a sequência do Campeonato Brasileiro.

- O Washington não teve interesse no momento e o Flamengo não é o perfil que ele está procurando.

Rinaldi disse, em entrevista ao SporTV, confirmando que o time carioca fez uma proposta que não agradou ao atacante, que desperta o interesse de outros clubes, como o Atlético-PR.

Apesar de Washington estar insatisfeito com a condição de reserva no São Paulo, Rinaldi não descartou a possibilidade do atacante permanecer e cumprir o seu contrato com o time do Morumbi.

- Ele tem contrato até dezembro e vamos avaliar outras opções.

O agente de Washington é o mesmo do atacante Adriano, que teve sua transferência confirmada nesta quinta para a Roma, da Itália. O nome do são-paulino surgiu no início da semana como opção para a vaga do Imperador na equipe rubro-negra.

Juazeiro do Norte-CE: Inverno terminou com perda de 80% na safra e dispara o gatilho do Seguro Safra



O inverno já se foi e deixou a marca de um trabalho perdido para a grande maioria do camponês que foi à roça na esperança de uma boa safra. Os produtores rurais que praticam a agricultura de subsistência poderiam estar vivenciando uma situação mais grave, principalmente com a falta de alimento na mesa. Em épocas assim, costumava haver saques no comércio das cidades ou invasão aos depósitos de alimentos das prefeituras.

Esse ano foi mais tranqüilo por conta do número maior de aposentadorias rurais e o programa Bolsa Família. Agora, o governo decidiu antecipar para o mês de julho o desembolso das parcelas do programa Seguro Safra. Recentemente, foi anunciado que boa parte das prefeituras estava inadimplente com o programa. Entretanto, a maioria se apressou em quitar para que os agricultores inscritos não fossem prejudicados. É que o município recolhe dinheiro para o seguro, a exemplo do produtor rural, estado e União.

O Seguro Safra só contempla os municípios com perdas acima de 50%. No caso de Juazeiro do Norte, a Ematerce e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais anunciaram 80% de perdas. Foi uma das piores colheitas dos últimos tempos. Esse ano choveu apenas 694 milímetros na Terra de Padre Cícero contra 887 no ano passado. Além disso, foram chuvas mal distribuídas no tempo e no espaço. Os veranicos atrapalharam junto com as pragas nas lavouras.

Até a recarga dos açudes foi menor e pode gerar problemas de desabastecimento na reta final do ano. Nas cidades, pelo menos o alívio de estragos menores nas vias urbanas, a exemplo do que aconteceu nas rodovias. A expectativa dos produtores rurais se renova para o próximo ano acreditando ser melhor por se tratar de um ano ímpar. Mas nem sempre as crendices populares se confirmar.

Santana vê armação em tortura de jornalista



Serra aparece e fala durante propaganda do DEM nesta quinta

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, foi o principal personagem da propaganda eleitoral do DEM, veiculada em rede nacional de rádio e televisão na noite desta quinta-feira (27). Em nenhum momento, porém, Serra foi apresentado como o pré-candidato da coligação, que tem o DEM como principal apoiador.

O partido utilizou trechos do discurso de Serra feito no encontro nacional do PSDB, DEM e PPS, realizado no último dia 10 de abril, em Brasília.

"É da coragem que a vida quer que nós precisamos agora. Juntos vamos construir o Brasil que nós queremos. Olhando para a frente, sem picuinhas. Vamos juntos, brasileiros e brasileiras que o Brasil pode mais", disse o pré-candidato, durante o discurso do encontro partidário reproduzido no programa do DEM.

A propaganda nacional do Democratas foi aberta pelo líder do DEM no Câmara dos Deputados, Paulo Bornhausen (SC). Bornhausen falou de mudanças já realizadas no país, e da necessidade de fazer outras alterações. Na sequência, começaram a ser apresentados os trechos do discurso de José Serra. O pré-candidato não foi apresentado como filiado ao PSDB.

"Nos últimos 25 anos, o povo brasileiro alcançou muitas conquistas. Se nós avançamos, devemos admitir ainda que falta muito a fazer. O Brasil pode ser muito mais do que é hoje", disse Serra.

Mesclado com depoimentos de populares, que falaram sobre temas variados, o discurso de Serra foi apresentando as ideias que devem nortear a campanha do tucano, usando como base diferentes temas. Quando populares reclamaram de desemprego, Serra falou:

"Toda minha vida me esforcei para me tornar digno do trabalho de todo o homem de toda a mulher. Nós criamos o Fundo de Amparo ao Trabalhador, que tirou o seguro desemprego do papel".

Ao falar sobre a importãncia dos trabalhadores, foram mostradas cenas do Rodoanel, em São Paulo. Um dos trabalhadores que atuaou na obra deu um depoimento, seguido pela fala do pré-candidato.

"Eu vi a imagem do meu pai em cada trabalhador. Um dos operários do Rodoanel fez questão de me mostrar com orgulho o nome dele escrito no painel. Eles são os verdadeiros construtores dessa nação", disse Serra.

Críticas ao PT

Coube ao líder do DEM no Senado, José Agripino (RN) fazer as críticas ao PT.

"É triste ver o governo do PT usar o espaço de propaganda para semear a discórdia", afirmou.

Na sequência, Serra voltou a aparecer no programa:

" O governo deve sempre unir a nação. De mim não devem esperar que estimule a disputa de pobres contra ricos e de ricos contra pobres. Somos todos irmãos pela pátria. Vamos trabalhar somando, agregando, nunca dividindo"

Durante a propaganda, Serra ainda falou sobre meio ambiente e segurança pública.

"Qual mãe, qual pai de família não se sente ameaçado pelo crime organizado? Um combate efetivo cabe às autoridades federais. Ou o governo federal assume os esforços ou o Brasil não tem como ganhar essa guerra contra o crime", disse Serra.fonte globo.com

Prefeito Adailton Macedo sorteia casas e vários prêmios na festa dedicada as mães aurorenses

Prefeito Adailton Macedo sorteia casas e vários prêmios na festa dedicada as mães auroren
Com uma programação bastante diversificada e animada, a Administração Municipal de Aurora intitulada de “O Povo Construindo o Novo”, chefiada pelo prefeito Adailton Macedo e pelo vice Antonio Landim, por intermédio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, homenagearam na noite de sexta-feira (7), todas as mães aurorenses. As comemorações começaram as 18:00 hs - na ABA (Associação Beneficente Aurorense), localizada a Avenida Antonio Ricardo, no centro da cidade. Centenas de mães do município lotaram o paço da ABA que pareceu pequeno para a grande multidão presente no evento. A recheada programação dedicada exclusivamente às mães aurorenses começou com a dupla Rildo Lima e Patrícia, cantando ao ritmo de voz e violão, orações e cânticos gospels para todas as mamães presentes no local da festa. A referida dupla também entoou o hino do município, arrancando aplausos da platéia. As autoridades presentes no evento deixaram suas mensagens de otimismo para todas as homenageadas daquela noite inesquecível. O prefeito Adailton Macedo em suas palavras falou da importância do ser mãe. No inicio de suas palavras, Adailton Macedo chamou uma criançinha de nome Naiane, residente no Bairro Araçá, presente na festa, haja vista, que a mesma havia lhe entregado uma carta fazendo-lhe um pedido (segredo), cujo, o prefeito não quis revelar, mas que de imediato autorizou o secretário de Administração Osasco Gonçalves, realizar a reivindicação da garotinha, que se tratava de um pedido para sua querida mãe. A atitude do executivo aurorense arrancou aplausos e lágrimas de várias mães presentes no encontro. Ainda em seu discurso, Adailton Macedo disse que no próximo ano irá sortear 5 (cinco) casas para as mães da sede do município. As festividades dedicadas as mães de Aurora continuaram com a realização de homenagens; apresentação do grupo de capoeira, Resistência Negra (participação de alunos do Projovem); apresentação teatral do grupo Rindo a Toa (Seculte/Aurora); gincanas com a participação das mães; dentre outras brincadeiras dedicadas as mamães. O ponto culminante das festividades aconteceu quando o prefeito Adailton Macedo realizou o tão aguardado sorteio de 2 (duas) casas para as mães que compareceram a festa. Antes, porém, a Secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social, Socorro Macedo, fez a leitura do regulamento. Na sequencia, houve o sorteio que apontou como ganhadoras as seguintes mães:
01- Elizete dos Santos

Endereço: Bairro São Benedito

Renda familiar: R$ 60,00 (03 filhos)

02- Marilândia Clementino Pinto

Endereço: Rua do Cruzeiro S/N, Bairro Araçá

Renda Familiar: R$ 112,00 (03 filhos)

Cumpre destacar, que para concorrer ao sorteio das casas, as mães deveriam está devidamente cadastrada; não possuir casa própria; ter renda familiar não superior a meio salário mínimo; não está cadastrada em programas habitacionais do governo; dentre outros critérios. A programação teve sequencia com desfiles, sorteio de brindes e distribuição de lanches para todas as mamães presentes na festa. Participaram também do evento a Primeira-Dama, Rose Macedo; o vice-prefeito, Antonio Landim; vereadores Aderlânio Macedo e Darc Landim; Secretários Municipais; Dr. Arnaldo França; dentre outras autoridades. A programação dedicada as mães, prossegue hoje, a partir das 15:00 hs – no Distrito de Tipi.